A rebelde do deserto

10/02/2018




Título: A rebelde do deserto 
Autora: Alwyn Hamilton
Editora: Seguinte 
Número de páginas: 283
Sinopse: O deserto de Miraji é governado por mortais, mas criaturas míticas rondam as áreas mais selvagens e remotas, e há boatos de que, em algum lugar, os djinnis ainda praticam magia. De toda maneira, para os humanos o deserto é um lugar impiedoso, principalmente se você é pobre, órfão ou mulher.
Amani Al’Hiza é as três coisas. Apesar de ser uma atiradora talentosa, dona de uma mira perfeita, ela não consegue escapar da Vila da Poeira, uma cidadezinha isolada que lhe oferece como futuro um casamento forçado e a vida submissa que virá depois dele.
Para Amani, ir embora dali é mais do que um desejo — é uma necessidade. Mas ela nunca imaginou que fugiria galopando num cavalo mágico com o exército do sultão na sua cola, nem que um forasteiro misterioso seria responsável por revelar a ela o deserto que ela achava que conhecia e uma força que ela nem imaginava possuir.


RESENHA


Narrado em primeira pessoa, damos de cara com Amani, uma menina que busca um futuro melhor e que pretende, corajosamente, realizar o sonho de sua mãe e dela, desde quando criança: viver em Izman, capital de Miraji. Então, planejando sua fuga depois de escutar uma conversa do tio cruel com a tia, Amani decide competir num torneio de tiroteiro, e sendo ótima atiradora, estava com esperanças de vencer e receber o prêmio: uma boa grana que a ajudaria a pegar o trem e sumir da Vila da Poeira para sempre, deixando para trás todo sofrimento e maldade que já vivenciou naquele lugar. Porém, o inesperado acontece: ela não é a única boa atiradora e muito menos a única esperta naquela arena de tiro. 
Naquela noite eu escaparia dali viva. Se conseguisse sair com uns trocados também, melhor ainda.
E no meio de toda uma bagunça, tiros e pessoas cambalacheiras, Amani surpreende-se com um forasteiro enigmático, que de certa forma a deixou com uma pulga atrás da orelha e que talvez fosse a solução para os seus problemas: Jin, um cara estrangeiro e habilidoso, assim como bom negociador e estrategista. E na real? Duas pessoas com objetivos semelhantes não poderia dar menos que uma boa aventura e alguns suspiros! 
A história, a cada capítulo, vai se tornando cada vez mais intrigante e eu não consegui largar o livro! Foi uma leitura muito fluída e personagens muito bem construídos. Hamilton soube como encaixar as peças e nos deixar com o coração na mão! É um livro cheio de fantasia, o que eu amei muito, e cheio de surpresas, que você abre a boca e fica correndo pra ler cada vez mais. 
Seu rosto estava próximo do meu, dentes à mostra, o bafo quente alcoólico na minha bochecha. - Vou te cortar do umbigo até o nariz e te deixar catando as tripas do chão, garoto.
O único ponto que me deixou um pouco irritada foi a repetição das seguintes orações: "eu sou a garota do deserto" e "é pecado mentir", e a repetição da palavra "pecado". Eu entendi que era uma crítica aos que eram hipócritas religiosos na Vila (e também em outros lugares citados no livro) e uma certa referência ao que descobrimos mais pra frente, mas ainda assim me incomodou. Achei desnecessário e até o humor acabou quando eu lia em uma página e nas próximas folhas tinha a menção de novo, não em intervalos por capítulo, pelo menos... Tirando isso, a leitura foi fantástica! A escrita é maravilhosa e o mundo criado pela autora é incrível. As descrições foram perfeitas e eu me senti ao lado deles, em cada aventura! 

A capa desse livro é a coisa mais linda que eu já vi! Os detalhes, a referência que há nela... Achei muito linda. Não encontrei erros de digitação ou revisão alarmantes, assim como só há elogios para a diagramação.
É um livro que com toda certeza vou reler muitas vezes! Para quem ama fantasia e romance, indico muito!
- Vire. - Inspirei fundo. As costas da camisa eram um caos vermelho. - Não quero te preocupar nem nada - eu disse, tentando manter a voz calma -, mas você percebeu que levou um tiro?
- Ah. - Observando-o mais de perto, dava pra ver que ele se apoiava no balcão para permanecer de pé. - Tinha quase esquecido disso.






2










2 comentários:

  1. Oiii Ruhh,
    Eu sou louca para ler esse livro, amei saber sua opinião e adorei a personalidade da protagonista da trama. É muito bom quando encontramos um livro que podemos ler e reler por possuir uma leitura fluida e fantástica. Também acho a capa maravilhosa!!!! Espero ler em breve!!!

    Bjokas da Elo!!!
    http://cronicasdeeloise.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ooi, Elo!
      Também espero que você leia logo, porque tenho quase certeza que vai amar :)
      Bjs!

      Excluir

Que tal deixar a sua opinião registrada aqui no blog?! Nós ficamos muito felizes por saber o que você pensa e pela sua visita.
Comentários passam por moderação e são sempre respondidos! Caso queira ver a resposta, ative a notificação.