Sozinha mundo afora

15/04/2018





Título: Sozinha mundo afora
Autora: Mari Campos
Editora: Verus
Número de páginas: 108
Sinopse: Um destino na cabeça e uma mala na mão. Na hora de viajar, precisa-se pouco mais do que isso. No entanto, muitas mulheres evitam sair pelo mundo sem companhia. Para provar que um acompanhante nem sempre é necessário, Mari Campos escreveu Sozinha mundo afora: Dicas para sair pelo mundo em sua própria companhia. Jornalista e viajante profissional, Mari Campos já desbravou mais de 25 destinos sem acompanhante. Além da própria experiência, ela também contou com o relato de outras viajantes acostumadas a sair sós pelo mundo. Dividida em capítulos, a obra explica desde como escolher o melhor destino até como garantir que o passeio será seguro. De maneira inteligente e bem humorada, ela derruba por terra mitos como o de que viajar por conta própria é caro, chato, e principalmente, perigoso. Mari mostra que é justamente o oposto. Sozinhas, as mulheres são mais donas de si, podem fazer o que quiser na hora que bem desejar e ainda estão abertas a conhecer muitas pessoas e viver experiências inesquecíveis, tenham 18 ou 80 anos.



RESENHA


Esse livro é, como indica o subtítulo, basicamente um guia para nós, mulheres, que queremos nos aventurar, sozinhas, pelo mundo afora. Com pequenos textos de mulheres de diferentes idades e profissões, que são solo travellers, nós conseguimos ver que viagem vai muito além do que conhecer um lugar diferente e ter mais um carimbo no passaporte, e ainda mais distinguir a palavra "sozinha" de "solidão", o que acaba ocorrendo na maioria das vezes que achamos que ficarmos sozinhas é a mesma coisa que ficar na solidão e bad infinita... Só que não, né, migas?

Mari Campos, após os pequenos textinhos das experiências de outras mulheres (achei top!), vem explicando mais sobre questões que são importantíssimas para quem quer fazer solo travel e ainda nos dá dicas de como lidar com certas situações que podem ou não acontecer durante a viagem, além de trazer consciência de que, se você está indo sozinha, é melhor que pesquise muito sobre o destino, como a cultura, vestimentas, etc, porque aí você aproveitará melhor a experiência.
Viajar sozinha é uma arte. Mas, que fique bem claro, uma arte ao alcance de qualquer mulher, tenha ela 18 ou 80 anos, seja tímida ou extrovertida, casada, solteira, separada ou mãe. O segredo é o seguinte: se deixar levar.
Mari (porque já me acho íntima haha) conta um pouco mais sobre as próprias experiências e até sobre o que as pessoas comentavam quando decidia viajar sozinha pelo mundo, nos ensinando até como respondermos as perguntinhas chatas e desmotivadoras rsrs

Algo que achei muito legal, é que em cada capítulo, a Mari separa em tópicos as dicas sobre o tema que foi discutido, também nos aconselhando sobre assuntos que precisaremos estar atentas quando formos meter o pé na estrada (ou no avião, cruzeiro e muito mais), além de pontos que são fundamentais para uma viagem segura, ainda mais porque somos mulheres e, infelizmente, ainda sofremos muito por conta do assédio irritante e das coisas que acontecem, né? Mas, nem por isso Mari deixa de nos incentivar e fazer com que nós, leitoras, já pensemos no que vamos levar nas malas e busquemos no Google sobre o destino da vez rsrs A lista só cresce, minha gente!

[...] muitos amigos dizem: 'uau, mas que loucura', ou pior: 'nossa, mas você é corajosa, hein?' No fundo, trata-se de algo tão simples: decidir sair em uma aventura, mas escolher sua própria companhia para isso.
É um livro curto, mas que manterei sempre a vista na estante, porque, eu, amante de viagens (mesmo que ainda não tenha viajado tanto quanto gostaria), estarei relendo e relendo, com toda certeza!
Para quem se interessa por viagens, pode apostar sua grana nesse livro, porque é massa, viu? Eu estou acompanhando a Mari no instagram e amando as coisas que ela compartilha por lá também, e já não vejo a hora de comprar outros livros dessa autora! 

Bom, falando um pouco da diagramação do livro, ela está ÓTIMA; a capa é bem simples e é a primeira edição, porém, a Verus fez um bom trabalho nele.


Realmente me surpreendeu e já tem várias marcações e anotações. Um ótimo livro para ler em um só dia e já ir pesquisando seu próximo destino no Google, nosso amigãozão! Junte grana, planeje, organize e vá (já tô fazendo isso hehe)!

Sozinha? Sim. Na bad? NUNCA! E se ela bater, nada que um bom livro não ajude.





0










Nenhum comentário:

Postar um comentário

Que tal deixar a sua opinião registrada aqui no blog?! Nós ficamos muito felizes por saber o que você pensa e pela sua visita.
Comentários passam por moderação e são sempre respondidos! Caso queira ver a resposta, ative a notificação.